21 de junho de 2022

Menina cerqueirense que estava desaparecida há mais 50 dias é encontrada no Paraguai

Segundo as informações da Polícia Civil, a menor era vítima de cárcere privado e violência sexual. O pai da menor que era foragido da justiça foi preso

Menina cerqueirense que estava desaparecida há mais 50 dias é encontrada no Paraguai

Ação conjunta da Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Dionísio Cerqueira, da Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR e com auxílio da Divisão de Apoio à Investigação do Centro Integrado de Operações de Fronteira – DAI/CIOF/SEOPI/MJSP, e com cooperação policial internacional resulta na prisão de foragido da justiça de Chapecó e resgate de adolescente que vinha sendo mantida em cárcere privado e violência sexual no Paraguai.

Na tarde do último sábado, dia 18 de junho de 2022, integrantes do Comando Tripartito- Delegación Paraguaya e ainda, do Departamento Antisecuestro de Personas Comisaría N° 8- Minga Guazú, ambas Unidades da Polícia Nacional, diligenciaram até uma propriedade rural do Distrito Minguero, cidade de Minga Guazú, Paraguai, onde realizaram a prisão de um homem de nacionalidade brasileira, foragido da justiça de Chapecó, condenado pela prática de homicídio doloso.

No local o foragido vinha mantendo a filha de 12 anos de idade em cárcere privado. Além disso, foram constatados fortes indícios de que a adolescente vinha sendo vítima de violência sexual pelo próprio pai.

A adolescente e vítima foi abrigada em uma casa em Ciudad Del Este e aguarda na companhia da mãe os trâmites legais pelas autoridades do Paraguai para posteriormente retornar para Dionísio Cerqueira.

Já o pai da menor, que é foragido da justiça de Chapecó/SC, encontra-se preso no sistema prisional daquela cidade paraguaia, tendo em vista os graves crimes praticados contra a própria filha.

Entenda o caso:

No dia 28 de abril de 2022 a mãe da adolescente procurou a Delegacia de Polícia de Dionísio Cerqueira, tendo relatado  que o ex-esposo, ao simular que conduziria a filha até a escola, acabou subtraindo a menor e a conduziu até a região da tríplice fronteira de Foz do Iguaçu/PR.

Diante dos fatos, a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da DPCO da Dionísio Cerqueira representou pela expedição de busca e apreensão da adolescente para fins de restituição ao lar da mãe.

Após manifestação favorável do Ministério Público, a Autoridade Judiciária autorizou a medida. Além disso, descobriu-se que o pai figurava como foragido da Penitenciária da Chapecó, eis que possui condenação criminal pela prática de homicídio doloso.

Com o trabalho de investigação da Delegacia de Polícia de Dionísio Cerqueira, descobriu-se o paradeiro do foragido e após intensa troca de informações, assim como união de esforços entre a Polícia Civil de Dionísio Cerqueira, da Divisão de Apoio à Investigação do Centro Integrado de Operações de Fronteira, da Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR e ainda, do Comando Tripartito – Delegación Paraguaya e Departamento Antisecuestro de Personas.  Comisaría N° 8 – Minga Guazú, ambas da Polícia Nacional do Paraguai, foi possível a localização e prisão do foragido da justiça, assim como resgatar a adolescente que vinha sendo mantida em cárcere privado e vítima de violência sexual pelo próprio pai.

Frisamos que a adolescente já se encontra ao lado de sua mãe e logo retornarão à cidade de Dionísio Cerqueira.

Informações da Polícia Civil