JORNAL DA FRONTEIRA, 21 de janeiro de 2022
13 de janeiro de 2022

Em áudio enviado ao pai, mãe afirmou que tinha matado crianças em Guapimirim e ‘estava morrendo’, diz polícia

Avó das crianças disse à polícia que houve uma “forte discussão” entre Stephani Ferreira Peixoto, presa pelo crime, e o marido horas antes. Outras pessoas serão ouvidas no inquérito que investiga o caso.

Em áudio enviado ao pai, mãe afirmou que tinha matado crianças em Guapimirim e ‘estava morrendo’, diz polícia

Em depoimento à 67ª DP (Magé), o pai de Stephani Ferreira Peixoto, presa por suspeita de matar os filhos de 3 e 6 anos a facadas em Guapimirim, na Baixada Fluminense, relatou ter recebido um áudio em que a filha confessava ter cometido o crime. No áudio, ela ainda teria dito que “estava morrendo”.

O avô das crianças prestou depoimento na quarta-feira (12). A Polícia Civil confirmou que houve uma “forte discussão” entre Stephani Ferreira Peixoto e o marido poucas horas antes do crime.

Polícia prende mulher suspeita de matar os dois filhos na Baixada Fluminense — Foto: Reprodução redes sociais
Polícia prende mulher suspeita de matar os dois filhos na Baixada Fluminense — Foto: Reprodução redes sociais

“Ontem, foi ouvido o pai da Stephani, e ele confirmou que houve uma forte discussão do casal na sexta-feira à tarde. Ele foi chamado ao local, mas não presenciou nada, e com isso o Leonardo (marido de Stephani) saiu de casa”, disse o delegado titular da 67ª DP (Magé), Antônio Silvino.

O crime aconteceu horas depois e Stephani foi presa na segunda-feira (10) como suspeita do crime.

Além do avó, outras pessoas serão ouvidas no inquérito que investiga o caso.

Na terça-feira (11), Stephani foi transferida do hospital de Guapimirim e levada para o Pronto Socorro Geral Hamilton Agostinho, no complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

O pai das crianças já foi ouvido, mas não deu detalhes do que poderia explicar o crime.

Vizinhos que também prestaram depoimento à Polícia Civil classificaram a mulher como uma “excelente mãe”.

As duas crianças, de 3 e 6 anos, foram mortas no bairro Paiol, em Guapimirim.

Segundo a corporação, uma equipe do 34º BPM (Magé) foi checar a denúncia no local e encontrou as crianças já sem vida. Uma faca foi apreendida no local e a área foi isolada para perícia.

Fonte: g1