4 de agosto de 2022

Dois são presos e caminhonete roubada em Pato Branco é recuperada pela PM de Barracão

Roubo da caminhonete havia ocorrido horas antes em Pato Branco. Homens foram presos ao tentar entrar na Argentina por um passo clandestino

Dois são presos e caminhonete roubada em Pato Branco é recuperada pela PM de Barracão

Em mais uma ação desenvolvida pelas equipes da Polícia Militar de Barracão, dois homens que haviam roubado uma caminhonete em Pato Branco, foram presos na tarde desta quinta-feira, 04, no município. Conforme informações obtidas pela equipe do Jornal da Fronteira, por volta das 16h20, as equipes policiais locais, foram informadas que uma caminhonete VW Saveiro, que havia sido roubada na cidade de Pato Branco, teria passado no município de Marmeleiro sentido à Barracão.

Imediatamente as equipes iniciaram as buscas pelo referido veículo, que foi avistado transitando próximo à fronteira com a Argentina, sendo que os ocupantes ao avistarem a viatura policial, empreenderam fuga sentido à divisa.

Foi iniciado o acompanhamento tático e logrado êxito em efetuar a abordagem dos suspeitos alguns metros após a mureta que faz divisa com o país vizinho, Argentina.

Ainda de acordo com as informações, durante a abordagem os suspeitos tentaram resistir a prisão e se evadir do local, motivo pelo qual foi necessário o uso de força física para conter os homens.

Uma vez contidos, foi possível constatar que os suspeitos possuíam as características repassadas pela vítima no boletim do roubo.

De acordo com o boletim, – a vítima informou que ao fazer um frete, acabou sendo agredido e abandonado amarrado em uma árvore, e teve o seu veículo roubado, sendo que um dos ladrões possuía tatuagens no braço e pescoço, sendo que o seu comparsa estava em uma motocicleta -, mesmas características do homem preso em Barracão.

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão aos ocupantes da Saveiro, os quais foram encaminhados juntamente com o veículo recuperado até à Delegacia de Polícia Civil de Barracão para os demais procedimentos cabíveis.

Rossy Ledesma/ JF