10 de março de 2022

Dionísio Cerqueira – Professores municipais receberão de 10,16% a 25% de reposição

Além da reposição em relação a inflação, o Executivo apresenta agora o Projeto de Lei para reposição dos salários dos professores efetivos em mais 15%

Dionísio Cerqueira – Professores municipais receberão de 10,16% a 25% de reposição

Nesta semana o prefeito de Dionísio Cerqueira, Thyago Gnoatto, esteve reunido com os vereadores da base do governo, para discutir sobre o Projeto de Lei para reposição do salário dos professores efetivos da Rede Municipal, em mais 15%.

Vale destacar que nos últimos dias, já foi aprovado na Câmara de Vereadores o Projeto de Lei que garantiu a reposição salarial do funcionalismo público em relação a inflação, que fechou em 10.16%.

Com a aprovação desse projeto, os professores efetivos e com pós-graduação da Rede Municipal, receberão, já a partir deste mês de março, uma reposição total de 25,16%. As informações são do prefeito Thyago.

“Como é de praxe sempre quando temos algo importante para ser encaminhado à Câmara, costumamos chamar os vereadores para fazer uma apresentação desses projetos. Por isso estivemos reunidos para levar ao conhecimento deles, este projeto que trata de uma nova complementação voltada especificamente para o magistério, para os professores municipais efetivos e com pós-graduação”, explicou o prefeito.

Com a somatória da primeira reposição, que foi de 10,16% levando em consideração a inflação do ano passado, mais os 15% da nova reposição, o valor de complementação para o salário dos professores, será de mais de 25%, alcançando desta maneira, o piso nacional do magistério.

“Uma vez aprovado o projeto, garantiremos que nenhum de nossos professores vai ganhar menos do que o piso Nacional do magistério. Essa foi a forma que encontramos para conciliar o cumprimento da lei que prevê o pagamento do piso com a Lei Federal de Responsabilidade Fiscal, que também nos impõe limites de gasto com pessoal, ou seja se por um lado existe uma lei que obriga o município a pagar o piso Nacional aos professores, por outro lado existe uma lei que obriga o município a respeitar o limite de gasto com pessoal. Dessa maneira, o salário ficará acima do piso e também preservará as finanças do nosso município”, comentou Thyago Gnoatto.

O prefeito comentou ainda que essa reposição salarial, vem como forma de motivação para que os professores continuem trabalhando em prol da qualidade da educação no município.

“O professor é o ator indispensável na promoção da educação, por isso já realizamos investimentos na infraestrutura das escolas, na merenda e também na valorização do profissional, que dia a dia está nesse relacionamento indispensável com o aluno e a gente. Outro ponto de destaque é o crescimento que estamos tendo na educação após a implantação das apostilas do sistema Aprende Brasil”, destacou o prefeito.

Outro tema tratado com os vereadores tem a ver com um projeto voltado especificamente para os funcionários da área de serviços gerais.

“Também conversamos com os vereadores sobre um projeto voltado especificamente para os ocupantes do cargo de serviços gerais, porque ao longo dos anos o salário deles foi ficando achatado, sendo que em muitos casos os vencimentos ficavam a baixo do salário mínimo, nesses casos todo mês havia uma complementação, porque ninguém pode ganhar menos que um salário mínimo. Mas agora estamos promovendo essa readequação dentro da lei, para que esses funcionários passem a receber o salário mínimo que eles têm que ganhar, garantindo deste modo que eles não sejam prejudicados futuramente. Os funcionários dos serviços gerais são os que menos ganham na administração, então nada mais justo do que corrigir essa distorção”, comentou Thyago.

O prefeito aproveitou também para agradecer pela parceria que há entre o Poder Executivo e o Legislativo.

“Aproveito para agradecer a atenção do Poder Legislativo, pelo diálogo e também pelo entendimento dos vereadores na hora de analisar os projetos que são de interesse da coletividade do nosso município. Respeitamos a independência de cada poder, e desta maneira, procuramos manter um bom relacionamento, por que esse entendimento entre Executivo e Legislativo faz florescer o andamento das ações, e quem sai ganhando com isso certamente é a nossa população”, finalizou o prefeito Thyago Gnoatto.