13 de maio de 2022

Chefe do MAPA participa de reunião com vereadores Dionísio Cerqueira

A visita à Aduana de Cargas de Dionísio Cerqueira, se deu após pedido feito pelos vereadores Claudiomiro Pavan e Valdecir Schmeier ao senador Jorginho Mello

Chefe do MAPA participa de reunião com vereadores Dionísio Cerqueira

Há alguns dias ocorreu em Brasília, a XXI Marcha dos Legislativos Municipais, que contou com a presença dos vereadores de Dionísio Cerqueira. Na oportunidade, entre uma palestra e outra e em meio aos treinamentos, os vereadores Claudiomiro Pavan e Valdecir Schmeier, cumpriram agenda com o senador Jorginho Mello.

“Durante nosso encontro com o senador Jorginho Mello, aproveitamos para falar sobre nossa Aduana, e a falta de funcionários no Ministério de Agricultura, o que resulta na demora na liberação dos caminhões, e consequentemente na diminuição de passagem de veículos pela nossa Aduana. Explicamos também ao senador, como a falta de agentes para a aduana tem refletido negativamente na economia do nosso município”, comentou Pavan.

Ainda de acordo com o vereador, em poucos dias, a visita ao senador já teve seus frutos, eis que na última semana, o Auditor Fiscal Federal Agropecuário Chefe do Serviço de Vigilância Agropecuária de Foz do Iguaçu, Adinan Galina, esteve no município onde participou de uma reunião com os vereadores, funcionários da Aduana e também de despachantes, para tratar de questões relacionadas à demora na liberação das cargas.

“Esse foi mais um passo importante para que possamos alcançar as solicitações dos nossos despachantes e também de toda a comunidade que há anos sofre com a demora da nossa Aduana”, destacou o vereador.

Adinan Galina, afirmou que a reunião foi muito produtiva, pois através dela pôde conhecer a realidade do local, e através dessas informações poder tentar melhorar o atendimento dispensado.

“Fiquei muito satisfeito com o resultado da reunião, tivemos uma boa adesão tanto dos Despachantes aduaneiros que nos trouxeram muitas informações e também reclamações inerentes ao trabalho realizado na ACI Cargas, e também apresentaram sugestões para que possamos melhorar esse serviço”, comentou o Chefe do Serviço de Vigilância Agropecuária.

Galina destacou que embora haja uma necessidade de mais efetivos, a instituição acaba esbarrando em burocracias e falta de pessoal.

“Sabemos que recentemente houve uma reestruturação no âmbito desta Coordenação Geral aonde Dionísio Cerqueira, Foz do Iguaçu e as unidades de do Paraná e do Mato Grosso do Sul, ficaram todos em uma mesma unidade que é o serviço de Vigilância Agropecuária do Arco Sul 2, sendo que um dos principais objetivos que se almeja com essa restruturação é a padronização de procedimentos ou seja tornar a execução das atividades de competência do Ministério da Agricultura mais padronizado e ágil, isso deverá refletir positivamente”, afirmou Galina.

Ainda de acordo com Adinan Galina, a falta de pessoal e notória, porém com o apoio político e as articulações justas, será possível chegar até os interlocutores em Brasília e assim conseguir alcançar uma solução para o benefício desse setor.

“Nosso desejo que possamos estar à altura de atuar conforme as os investimentos que serão feitos aqui em Dionísio Cerqueira com a construção da Nova Aduana, e que tenhamos também esse novo incremento do quantitativo de pessoal para trabalhar na liberação das cargas e no fluxo tanto de importação quanto de exportação”, finalizou Adinan Galina.

Foto: Divulgação