19 de julho de 2022

Briga em prisão no Equador deixa 13 mortos

Presídio, a 80 km da capital Quito, já havia sido palco de rebelião com 44 mortos em maio. Organizações denunciam superlotação de prisões

Briga em prisão no Equador deixa 13 mortos

Uma briga em uma prisão no Equador, que vive uma onda de rebeliões em cadeias, deixou 13 presos mortos e dois feridos, informou o SNAI, órgão estatal responsável pelo sistema carcerário do país. O caso aconteceu na segunda-feira (18) em Santo Domingo de los Tsáchilas, província a 80 km de Quito.

Em maio, a mesma prisão foi palco de uma rebelião que deixou 44 presos mortos, entre eles dois venezuelanos, e 11 feridos, incluindo um policial. Na ocasião, 220 presidiários fugiram e quase todos foram recapturados.

“Lamentavelmente, o pessoal do Centro reporta no momento 13 PPL (pessoas privadas de liberdade) falecidas e dois feridos”, disse a entidade no Twitter.

Segundo o governo, o controle do presídio já foi retomado.

Mais cedo, o SNAI havia informado o registro de “uma briga no interior do centro” penitenciário de Santo Domingo, pelo que solicitou imediatamente o apoio da polícia, as Forças Armadas e o Ministério da Saúde.

Fonte G1