21 de junho de 2022

Administração debate novas ideias para a área do 4º Parque Industrial de São José do Cedro

A nova área foi adquirida através de recursos próprios do município, avaliada em mais de R$ 1,7 milhões

Administração debate novas ideias para a área do 4º Parque Industrial de São José do Cedro

A área está localizada na Linha São Domingos nas proximidades dos parques II e III, o local foi escolhido pelo fato de ter um zoneamento voltado para a área de indústria e comércio. A nova área foi adquirida através de recursos próprios do município, sendo avaliada no valor de R$ 1.713.814,91. 

A prefeitura tem em vista alguns projetos, mas está buscando ideias junto aos empresários para que todas as demandas sejam atendidas. Neste novo empreendimento os lotes tendem a ser maiores do que aqueles existentes no parque III. A previsão é atender de 20 a 30 empresas em lotes de aproximadamente 2.500m².

Na última quarta-feira, 15, durante o evento café com empresários foi explanado e apresentado aos empresários ações que pretendem ser viabilizadas para a instalação do novo parque industrial.

A secretária de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Kelly Figueiró, destacou que aproximadamente 25 empresas já entraram em contato para futuras instalações no novo parque industrial, porém, nem todas são indústrias.

“Há diversos prestadores de serviço que estão buscando incentivos através de doação de lotes. Para poder se instalar no local realizaremos serão licitados, e existem critérios a serem cumpridos e também encargos”, comentou Kelly.

Ainda, conforme a secretária, está sendo avaliado a possibilidade de alterações na lei de incentivo para que mais empresas sejam beneficiadas. Na oportunidade, ela citou a expectativa que a nova aduana de cargas de Dionísio Cerqueira também traga empresas para municípios vizinhos.

“Existem várias especulações e busca de incentivos pelas empresas principalmente de outros estados que procuram uma logística no Extremo Oeste, porém, elas não são indústrias e querem barracões para armazenamento”, explica.

Outra expectativa está nas empresas de tecnologia. A secretária citou as “startups” que também estão buscando o município com projetos inovadores. Há também empresas do modelo “Dropshipping” em que o lojista recebe o pedido do cliente em sua loja virtual e repassa essa ordem de compra ao fornecedor.

De acordo com ela, o Conselho de Desenvolvimento Econômico – Codece, está realizando a avaliação das empresas participantes para que possam, posteriormente, participar do processo licitatório para a concessão de lote na área industrial. 

Para o prefeito, João Luiz de Andrade, este 4º parque industrial é necessário para o município continuar a crescer, gerando mais renda para toda sociedade.

“Muitas empresas buscam local para as instalações de suas atividades, agora teremos mais um espaço para auxiliar o empresário e com isso gerar muito mais empregos no nosso município”, salientou.