Siga as nossas redes sociais



EDIÇÃO IMPRESSA

jornaldafronteira sim

Chapecoense

Depois de derrota para o Vitória, Chapecoense demite Guto Ferreira

15 Outubro 2018 09:27:36

Treinador não resiste à volta para a zona de rebaixamento e deixa equipe na 17ª colocação da Série A

Foto: CARLA LARINI/ESTADÃO CONTEÚDO

Guto Ferreira não é mais técnico da Chapecoense.

O treinador foi demitido nesta segunda-feira, um dia após a derrota por 1 a 0 para o Vitória, em casa.

Guto comandou o Verdão em 13 jogos entre Série A e Copa do Brasil: foram quatro vitórias, um empate e oito derrotas - 33,33% de aproveitamento. 

O técnico chegou ao clube para substituir o demitido Gilson Kleina, mas não conseguiu fazer o time reagir à má fase.

Além da eliminação na Copa do Brasil para o Corinthians, a Chape ocupa a 17ª colocação da Série A, com 31 pontos - Guto assumiu o time na 16º posição. 

O time chegou a ter uma melhora, com uma sequência de dois triunfos contra Atlético-PR e, o até aquele momento líder, Internacional, mas o time voltou a oscilar. Depois de bater o Galo, há duas rodadas, a expectativa do duelo direto com o Vitória terminou em frustração e na volta para a zona de rebaixamento.

Histórico

Guto iniciou a primeira passagem pela Chape em setembro de 2015.

O time alviverde havia sofrido uma queda de rendimento no Campeonato Brasileiro, e o treinador foi chamado para o posto de Vinícius Eutrópio, demitido. Ele cumpriu a meta de manter a equipe na Série A. 

Pelo Verdão, Guto conquistou o título catarinense de 2016 e esteve na área técnica na primeira partida internacional oficial do clube, na Copa Sul-Americana. Comandou o Verdão em 51 jogos e teve o aproveitamento geral de 56,2%.

Na ocasião, deixou a Chapecoense para acertar com o Bahia. 

Na volta à Chape, Guto tinha a mesma missão da primeira passagem: impedir à queda à segunda divisão.

No entanto, deixa o trabalho no meio do caminho. 

Globo Esporte / Jornal da Fronteira 



Dionísio Cerqueira (SC) - Barracão (PR)
(49) 3644-1724 - editoria@jornaldafronteira.com.br
História | Contato