Siga as nossas redes sociais



EDIÇÃO IMPRESSA

jornaldafronteira sim

Chapecoense

Contra pior ataque do Brasileirão, Chape muda foco e define objetivo: 'Não tomar gol'

05 Setembro 2018 16:05:00

Técnico quer defesa zerada no compromisso diante do Paraná, nesta quarta-feira


Os nove gols sofridos em cinco jogos de Guto Ferreira no comando da Chapecoense tem incomodado o treinador.

Depois de focar na construção de jogadas na última semana, desta vez foi a defesa que teve a atenção do treinador, que traçou a meta de não sofrer gols na próxima rodada.

Embora precise da vitória no compromisso contra o Paraná, confronto direto na luta contra o rebaixamento, Guto disse que mudará um pouco o foco e tentará sair de campo sem ter sua meta vazada. 

"Temos alguns objetivos para conseguir vitória. Vitória não é se atirar. Primeira coisa é equilibrar defensivamente, estamos tomando gols todos os jogos. O primeiro objetivo é não tomar gol. Se não tomar gol já somamos um ponto. Importante? Sim. Suficiente? Não. A partir disso, trabalhar pelo primeiro gol e assim por diante. Inverter um pouco o processo. Muita ansiedade por ganhar, gera a situação de perder ", disse o técnico.



A preocupação do treinador tem sentido, já que em todos os jogos sob seu comando, o time sofreu pelo menos um gol.

Nas últimas duas partidas, foram cinco, contra Vasco e Palmeiras.

No Brasileirão, o Verdão buscou a bola nas redes 31 vezes.

A defesa só é melhor que a do Vitória (40), Sport (34) e Vasco (32).

Partidas sob o comando de Guto: 

  • Chapecoense 2x1 Corinthians
  • São Paulo 2x0 Chapecoense
  • Vasco 3x1 Chapecoense
  • Chapecoense 1x2 Palmeiras

O próximo jogo é um bom momento para traçar o objetivo de deixar o campo sem sofrer gols.

Isso porque o Paraná tem o pior ataque da competição, com 10 gols - um deles em cima da Chapecoense, no turno.

Por outro lado, a grande maioria das vezes que a equipe paranista foi às redes foi jogando como mandante - oito. 

Com 21 pontos, a Chapecoense é a 18ª no Campeonato Brasileiro.

O jogo contra o Paraná está marcado para esta quarta, 05 de setembro, às 21h (de Brasília), na Vila Capanema.


Dionísio Cerqueira (SC) - Barracão (PR)
(49) 3644-1724 - editoria@jornaldafronteira.com.br
História | Contato