Siga as nossas redes sociais



EDIÇÃO IMPRESSA

jornaldafronteira sim

Esporte

Beira-Rio revive atmosfera de Libertadores e empurra Inter a melhor arrancada na história

14 Março 2019 08:18:00

Equipe de Odair vence o Alianza Lima por 2 a 0, abre vantagem na liderança do Grupo A e, 100%, faz sua melhor largada na história da competição

Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital

Os colorados esperaram quase quatro anos até voltar a respirar a Libertadores no Beira-Rio. E o Inter fez valer cada um dos longos 1337 dias de paciência e saudade. Nesta quarta-feira, mais de 42 mil almas rugiram nas arquibancadas para empurrar a equipe não só para construir a vitória por 2 a 0 sobre o Alianza Lima, pela 2ª rodada do Grupo A. Mas para escrever um pouco de história.

Antes de corresponder à festa que ecoou em seu estádio e bater o rival peruano, o Inter estreou com vitória por 1 a 0 sobre o Palestino, no Chile. Os 100% de aproveitamento com dois triunfos fazem o Colorado viver a melhor arrancada em 12 participações na Libertadores. 

O resultado tão positivo foi construído com uma atuação de gala de Nico López. O gringo confirmou todo o cartaz de referencial técnico e protagonista do elenco. E precisou de apenas 18 de partida minutos para isso. O uruguaio definiu a partida com dois gols de fora da área. 

Mas o início em rotação tão elevada também pode ser creditado à atmosfera que emanou das arquibancadas. E até antes disso. Ainda no pátio, os torcedores já transmitiam as energias positivas na chegada do ônibus ao Beira-Rio.

Os cânticos tradicionais começaram a ressoar com força minutos antes de a bola rolar. A partir daí, uma festa quase ensurdecedora e fez pulsar o concreto do estádio para empurrar a equipe.

- (A atmosfera) Foi essencial. O Inter foi assim em todos os jogos aqui no ano passado. Foi uma grande partida, controlamos, não tivemos sustos. O torcedor lotou o estádio. Foi uma cena maravilhosa. Apenas desfrutei o momento. Queria pegar esse Beira-Rio novo. Ele é lindo. Eu estou muito feliz de jogar a Libertadores, jogar bem e vencer, que é o que vale - diz Rafael Sobis.

Globo Esporte / Jornal da Fronteira 


Dionísio Cerqueira (SC) - Barracão (PR)
(49) 3644-1724 - editoria@jornaldafronteira.com.br
História | Contato