Siga as nossas redes sociais



EDIÇÃO IMPRESSA

jornaldafronteira sim

Colunistas

Paradoxo

16 Novembro 2018 09:36:12

Paradoxo

Com mais de 5,5 milhões de crianças sem pai no registro de nascimento, é lamentável ver que tem gente que ainda acha que o que acaba com a família são os gays ou o casamento entre pessoas do mesmo sexo.


Espaço Rock

O surdo é cego dos ouvidos, já dizia minha avó. Só que em pingo de água ninguém nunca deu um nó. Apesar de tanto tempo para encontrar a paz, coitado do homem, no caminho ele tropeça demais. Olhem, vejam só o que foi que ele fez: coitado do homem, no caminho tropeçou mais uma vez (frase da música Mas Vó!, do Raimundos).


Talento

Tem momentos que nos deixam fascinados, extasiados, até sem encontrar palavras para descrever. E foi assim no evento que aconteceu na Unetri Faculdades, na noite de 6 de novembro, quando a Unetri recebeu um grupo de acadêmicos e professores do curso de Direito, da Universidad Gastón Dachary - UGD, da Argentina (ver matéria na página 13).

O evento todo foi marcante, mas a apresentação da aluna Claudete de Almeida Zanardi, de 11 anos de idade, que frequenta o 6° ano 1 da EEB Governador Irineu Bornhausen, no bairro Três Fronteiras, em Dionísio Cerqueira, foi fascinante. Ela apresentou o monólogo "A Mulher que Matou os Peixes", de Clarice Lispector. Com impressionante capacidade de expressão, interpretação e memorização, Claudete, encantou os presentes com o monólogo de quase 15 minutos de duração. 

Parabéns Claudete. Tu é fera! Tu encantou e emocionou os presentes com esse teu talento magistral.

A Unetri é parceira da EEB Irineu, no projeto Jovens Leitores, que a escola desenvolve com apoio da empresa LPD Importação e Exportação.

Essa postura, e visão da LPD, é um exemplo a ser seguido.


Trifronteira 1

Na sexta e no sábado passado, principalmente nesses dois dias, o movimento foi intenso na trifronteira. Centenas de argentinos comprando no comércio de Barracão e Dionísio Cerqueira, mais o movimento dos brasileiros, fizeram das ruas centrais um verdadeiro "formigueiro", para não falar caos, de gente e de carros.

Na quinta-feira e na sexta-feira, eu acompanhei um grupo de 50 acadêmicos da Universidade Estadual de Londrina - UEL, e professores. Contei a história desta fronteira, como se deu a demarcação da fronteira, os fatos peculiares, e levei o grupo por pontos turísticos, comerciais e culturais da trifronteira, e também no Assentamento Conquista na Fronteira, além de acompanhá-los em compras em Bernardo de Irigoyen. Na sexta-feira à noite, o grupo lotou uma pizzaria de Barracão, aproveitou o rodízio e curtiu o rock acústico que rolava no local.


Trifronteira 2

As cidades trigêmeas, na prática, não são três cidades. É uma única cidade de cerca de 50 mil habitantes, o que seria a maior cidade do Extremo Oeste de Santa Catarina e a 3º maior cidade do Sudoeste do Paraná, atrás apenas de Pato Branco e Francisco Beltrão. Hoje á referência regional.

Está mais que na hora dos poderes públicos e empresarias entenderem isso efetivamente, e passarem, concretamente, a agir com essa visão. E para isso é urgente que o CIF seja repaginado, reavivado, dinamizado e incrementado.


Terra Brasil

Um país em que um juiz ganha R$ 39 mil por mês de salário, mais um monte de benefícios que multiplicam os 39 mil por várias vezes, e que a absurda reforma previdenciária que está aí ignora isso, nunca vai sair do fundo do poço.


Reforma Tributária

A equipe de transição do presidente eleito, Jair Bolsonaro, trabalha com três pacotes tributários, que poderão ser adotados no próximo governo. De acordo com fontes, os pacotes se dividem em: substituição de impostos federais por um imposto sobre movimentação financeira; criação de um Imposto sobre Valor Agregado (IVA); e simplificação tributária. Qual dessas três hipóteses Bolsonaro adotará? Ou talvez não adotará nenhuma delas.


Agricultura

Preocupante a escolha, por Bolsonaro, de Tereza Cristina, chamada de 'musa do veneno', para o Ministério da Agricultura. Presidente da bancada ruralista na Câmara dos Deputados, a deputada ganhou o apelido por defender, aguerridamente, o projeto que ficou conhecido como "PL do Veneno", que flexibiliza a aprovação dos agrotóxicos usados no Brasil, deixando de vetar, por exemplo, agrotóxicos que tragam risco de câncer, e atribui ao Ministério da Agricultura, e não aos ministérios da Saúde e do Meio Ambiente, o poder de aprovar os agrotóxicos.

O "PL do Veneno" foi aprovado pela a comissão especial da Câmara dos Deputados, em 26 de julho passado, em meio à Copa do Mundo na Rússia, quando as atenções estavam voltadas para o jogo da seleção brasileira contra a Sérvia, na manhã seguinte, 27 de junho.


Comércio Internacional 1

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, deve romper uma tradição dos últimos governos brasileiros. Em vez de ter a Argentina como seu primeiro destino internacional oficial após eleito, ele prometeu visitar o Chile. Acho isso meio na contra mão, porque a Argentina é o maior parceiro comercial do Brasil na América do Sul, enquanto o Chile tem nos EUA e na China seus maiores parceiros comerciais.


Comércio Internacional 2 

Mas devemos considerar o outro lado da moeda. O Chile, país de 17 milhões de habitantes, é uma grande referência latinoamericana. Tem boa educação, gera tecnologia e hoje comercializa com todo mundo, com acordos de livre comércio com mais de 60 mercados. Segundo o Fundo Monetário Internacional - FMI, o Chile deverá registrar um dos maiores índices de crescimento econômico da América Latina neste ano, atrás apenas de Bolívia, Paraguai e Peru.


Comércio Internacional 3

Porém, o preocupante, nessa história toda, é mesmo as declarações de que o Mercosul não será prioridade no governo de Bolsonaro, e isso é um absurdo inimaginável, que representará um grande equívoco de trajetória para seu governo.

Tanto que a "União Europeia anunciou que quer fechar acordo com Mercosul antes da posse de Bolsonaro.


Posição 1

Acho que muitas declarações do presidente eleito, ou de sua equipe, são extremamente preocupantes. Por exemplo, a eventual extinção do ministério do Trabalho, ou a eventual fusão dos ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente e a eventual adoção da educação à distância para o ensino fundamental e médio.  


Posição 2

Mas, como brasileiro, cidadão da trifronteira, torço profundamente para que o Bolsonaro faça um bom governo, que surpreenda quem não votou nele e que não decepcione quem votou nele. E que resolva problemas crônicos que o Brasil enfrenta, como o desemprego e as reformas que o país necessita.


Peso

Segundo dados divulgados nesta semana, com base em um estudo da Universidade de Washington (EUA), somente no ano de 2015, o excesso de peso matou 4 milhões de pessoas no mundo. O estudo aponta a obesidade como uma crise de saúde pública em escala global. 

A análise foi feita com base em relatórios de 35 anos de observação, incluindo quase 200 países. 

Aproximadamente 30% da população mundial está acima do peso. São 600 milhões de adultos e 150 milhões de crianças acima do peso. 

Das 4 milhões de mortes atribuídas ao excesso de gordura em 2015, quase 40% ocorreram entre sujeitos com Índice de Massa Corporal - IMC entre 25 e 30, nível considerado como sobrepeso.

Dionísio Cerqueira (SC) - Barracão (PR)
(49) 3644-1724 - editoria@jornaldafronteira.com.br
História | Contato