Siga as nossas redes sociais



EDIÇÃO IMPRESSA

jornaldafronteira sim

Paradoxo

01 Novembro 2018 15:44:00

A maioria das coisas boas foi inventada para facilitar o pecado.

Paradoxo

A maioria das coisas boas foi inventada para facilitar o pecado.

Mudanças

O Brasil vive, após as eleições, um período de muitas mudanças na política brasileira. Muitos velhos figurões saíram de cena e muita gente nova entrou em cena. Isso é bom, a mudança é sempre bem vinda. Só espero que essa gente nova não se deixe contaminar pelo vírus que assola a política brasileira e não acabem se tornando novos velhos figurões.

Postura

Um militar eleito presidente da República, pelo voto livre e popular, não é uma novidade no Brasil. Já aconteceu antes. Pode ser uma saída histórica contra a crise sistêmica que atinge a Nação, desde que os interesses legítimos do povo e, principalmente, da democracia, sejam mantidos.

Reforma

Segundo declarou ainda no domingo, 28 de outubro, o economista Paulo Guedes, futuro ministro da Fazenda de Jair Bolsonaro, a mudança do modelo da economia será focada em três "grandes itens". Segundo Guedes, o primeiro "grande item" será a reforma da previdência. O segundo, o controle de gastos públicos: as despesas de juros. O terceiro, a reforma do estado, os gastos com a máquina pública.

Perspectivas 1

Durante a campanha presidencial, Bolsonaro alimentou quatro grandes expectativas nos brasileiros: mais segurança, mais emprego, fim da corrupção e colocar o país ordem. Todas são difíceis de serem cumpridas, em função da forma aferrolhada como o sistema político brasileiro, para não ser mudado.

Mas, são promessas que precisam deixar de serem "chavões" e ideias vagas, precisam ser bem definidas, detalhadas e ter as lacunas preenchidas, para que a Nação o que será feito.

São metas que têm grande potencial de desgastar Bolsonaro ou torná-lo ainda mais popular, dependendo dos resultados ao tentar cumprir essas promessas.

Perspectivas 2

Torço para que o Bolsonaro faça um bom governo, que surpreenda quem não votou nele e que não decepcione quem votou nele.

E que toda essa euforia não se transforme em frustração, como foi quando o Temer assumiu, após o impeachment da Dilma.

Perspectivas 3

Só não entendi o que Bolsonaro quis dizer, em seu primeiro pronunciamento como presidente eleito: "todos os compromissos com as bancadas serão cumpridos". Que compromissos seriam esses?

Perspectivas 4

Fico pensando: Jair Bolsonaro, presidente da República, e na possibilidade de os filhos, Flávio Bolsonaro, ser presidente do Senado, e Eduardo Bolsonaro ser presidente da Câmara dos Deputados. Espero que o projeto da família Bolsonaro não seja o de se adonar do Brasil.

Incoerência

Nada é mais contraditório que a lei eleitoral obrigar a pessoa a votar e daí o preço do litro da gasolina, que ele vai gastar para ir votar é mais caro que a multa por não votar.

Qualificação

Segundo estimativas da Unesco, nos próximos dois anos, 40 milhões de vagas de emprego, em todo o mundo, não poderão ser preenchidas por falta de trabalhadores qualificados.

Inclusão

Segundo o Fundo Malala, quase um bilhão de meninas e mulheres, de até 24 anos, não têm acesso ao ensino e desenvolvimento de habilidades consideradas fundamentais para o mercado de trabalho do futuro. O Fundo Malala foi criando em 2012, por Malala Yousafzai, aquela menina paquistanesa atacada a tiros pelo Talibã, por frequentar a escola. O Fundo trabalha pelo acesso e inclusão de meninas e mulheres à escola, apoiando projetos para educação formal e informal, desde a formação dos professores até a sensibilização das comunidades para apoiar a educação das meninas.

Lixo

A grande maioria das pessoas não está nem aí para a separação do lixo antes de depositar as sacolas com lixo que produzem, para serem coletadas. Mas, a separação do lixo, antes de ser depositado, deveria ser um hábito praticado por todos.

Em Barracão, Dionísio Cerqueira e Bom Jesus do Sul existe a Associação dos Recicladores da Fronteira, que tem uma usina de reciclagem. A Associação recicla, em média 300 mil quilos por ano e em nove anos de existência, já foram 2 milhões e setecentos mil quilos de lixo que a Associação reciclou, gerando renda mensal para as famílias que formam a Associação, além do grande impacto positivo para a saúde da população em geral e para o meio ambiente.

Só que o lixo que a associação recolhe vai muito além dos 300 mil quilos por ano, porque quase ninguém separa o lixo e todo o tipo de detrito chega até a usina. Que todos se conscientizem que a separação do lixo, bem mais que um pequeno trabalho que cada um faz, é uma grande atitude em prol da saúde e do meio ambiente.

Mudança de Hábito

Essa questão da separação do lixo, que comentei acima, é mais um exemplo de que é perda de tempo tentar convencer os adultos a mudarem os hábitos. Os adultos não mudam! A não ser que eles sejam "pegos" pelo bolso. As mudanças de hábito devem ser trabalhadas com as crianças, desde os primeiros anos da escola.

Canil da PM

Parabéns à Polícia Militar de Dionísio Cerqueira, pela conquista de um Canil Setorial. Parabéns à Ascoagrin e a prefeitura de Dionísio Cerqueira, que assumiram a parceria para ajudar a construir o canil. Parabéns a todos que estão contribuindo com as ações, como o jantar já realizado, para levantar recursos para equipar o canil.

Com a instalação do Canil Setorial em Dionísio Cerqueira, além dos cães treinados para várias ações, 12 novos policiais militares já vieram para o município. Tanto o canil quanto os novos policiais, são um grande reforço nas ações de segurança na fronteira.

A intenção do comando da PM de Santa Catarina é transformar a 2ª CIA, de Dionísio Cerqueira, em uma unidade especializada em segurança de fronteira, com seu efetivo e estrutura para o enfrentamento dos crimes transfronteiriços. É uma iniciativa mais que necessária, pois pouco resolve combater o crime organizado e o tráfico nas demais cidades, principalmente as médias e grandes, se não se cuidar e se guardar bem as fronteiras.

Direitos

Vejo, em todas as conferências dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes, vários assuntos importantes sendo tratados, referentes a coibir atos de violência contra crianças e adolescentes e esses atos devem ser mesmo coibidos sim.

Só que eu não vejo conferências para tratar temas visando coibir os atos de violência praticados por eles e nem para tratar de deveres das crianças e adolescentes.

Por isso sou totalmente favorável à redução da idade penal. Não tem mais como manter a idade penal em 18 anos e ninguém vai me convencer que um marmanjo de 16 ou 17 anos não sabe o que faz. O Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA precisa ser urgentemente revisto e atualizado. Ele está totalmente defasado, pois foi feito em uma época em que a internet estava engatinhando. Hoje, com toda a evolução que teve, com toda a tecnologia e o acesso liberado a tudo, o mínimo que se espera é que o ECA saia da idade da pedra e seja atualizado.


Dionísio Cerqueira (SC) - Barracão (PR)
(49) 3644-1724 - editoria@jornaldafronteira.com.br
História | Contato